Conheça os principais motivos que geram insatisfação no trabalho

conheca-os-principais-motivos-que-geram-insatisfacao-no-trabalho

Identificar o fator que está desencadeando esse sentimento é o primeiro passo para tentar tratar o mal pela raiz. Pensando nisso, listamos 5 dos principais motivos da insatisfação no trabalho.

Na época em que vivemos, basta abrir a boca para dizer que algo não vai bem no trabalho para logo ouvirmos que devíamos ser gratos por tê-lo. Com isso, muitas pessoas enfrentam caladas a angústia da insatisfação no trabalho.

Segundo dados da Love Mondays, uma plataforma que reúne resenhas anônimas sobre diferentes locais de trabalho, 58% dos funcionários estão insatisfeitos com seu salário, 40% veem problema na forma como seus chefes lideram a equipe e 33% gostariam de trabalhar menos horas.

O problema disso tudo é que, a partir de um sentimento de insatisfação, pode surgir a desmotivação progressiva, estresse e até sintomas mais graves, como depressão.

A solução para isso tudo é identificar o fator que está desencadeando esses sentimentos e tentar tratar o mal pela raiz. Pensando nisso, listamos abaixo 5 dos principais motivos da insatisfação no trabalho.

1. Falta de reconhecimento

Quando João entrou na empresa, ficava até mais tarde todos os dias e desempenhava até algumas tarefas que competiam a colegas de trabalho. Com o tempo, passou a ir embora no horário cravado e fazer somente o que lhe ordenavam.

Quantos “Joãos” você conhece? Muitas pessoas acreditam que essa situação surge pelo comodismo de estar há muito tempo no emprego, mas não podemos esquecer que também pode ser resultado de uma falta de reconhecimento.

O reconhecimento por seu trabalho e dedicação pode proporcionar ao funcionário maior motivação. E um funcionário motivado torna-se mais produtivo e eficiente.

2. Conflito de valores

Normalmente, as empresas realizam entrevistas e testes psicológicos em busca de funcionários que tenham uma linha de raciocínio parecida com a da organização.

Para se sentir bem no ambiente de trabalho, o funcionário precisa ter princípios e valores parecidos com os da empresa. Caso contrário, ele se sentirá deslocado e a insatisfação certamente virá.

3. Problemas de gestão

Muitos empreendedores ainda se sentem perdidos na hora de elaborar os processos de gestão da empresa. Isso pode fazer com que a administração fique mal estruturada e os funcionários sofram as consequências.

O ideal é que haja um setor para cuidar de contratações, capacitação e motivação do pessoal. Afinal, o que esperar de uma companhia que não consegue gerir nem os seus próprios funcionários?

4. Baixo salário

Muitas pessoas acreditam que recebem um valor bem abaixo do que merecem. Alguns gestores não dão abertura para que os funcionários conversem com eles sobre o assunto e o resultado é um clima de insatisfação e desânimo.

Não há nada pior do que entregar toda a sua energia ao trabalho e, em troca, receber um salário que mal dá para pagar as contas. É isso que deixa muitas pessoas desmotivadas.

5. Mesmice

Que graça tem uma vida sem desafios? Com a vida profissional, funciona mais ou menos da mesma forma. Todo mundo quer desenvolver suas habilidades, crescer, amadurecer e alçar voos mais altos.

Mas como isso é possível se o seu trabalho não lhe permite exercitar sua capacidade? Levantar-se todos os dias e ir à empresa fazer sempre a mesma coisa gera uma sensação intensa de insatisfação. Não há ânimo que resista a uma rotina como essa.

Entendeu as principais causas da insatisfação no trabalho? Curta a nossa página no Facebook e tenha acesso a mais conteúdos como esse.