Relações saudáveis com familiares: como manter a boa convivência?

relacoes-saudaveis-com-familiares-como-manter-a-boa-convivencia

Com a rotina atribulada, sobram poucos momentos para aproveitar com aqueles que mais amamos. Confira algumas dicas para você criar e manter relações saudáveis com familiares.

Manter relações saudáveis com familiares é algo que muitos deixam em segundo plano, em meio ao cotidiano corrido e atribulado. No entanto, esse pode ser um grande erro que compromete a qualidade de vida, já que tende a nos afastar das nossas raízes e dos vínculos mais importantes que firmamos ao longo da trajetória.

Foi pensando nisso que elaboramos este post. Por meio de dicas simples e fáceis de serem aplicadas, desejamos que você consiga se aproximar e estabelecer bons relacionamentos junto a sua base. Boa leitura!

Organize o seu tempo

Com a rotina atribulada, sobram poucos momentos para aproveitar com aqueles que mais amamos. Contudo, com a devida organização do tempo, será possível vivenciar períodos de qualidade em família. Pense: teoricamente, temos em um dia, oito horas de trabalho, cerca de duas horas para o deslocamento, oito de descanso, uma para cuidados e higiene com o corpo e cinco horas de lazer.

Que tal aproveitar esse último intervalo para curtir ao máximo? Para isso, é necessário que os outros aspectos sejam contemplados em seus respectivos momentos. Não leve trabalho para casa e evite, ao máximo, horas extras. Durma por um período adequado, alimente-se de forma saudável e pratique alguma atividade física.

Pronto, agora é só usar a criatividade para manter relações saudáveis com familiares. Vocês podem cozinhar juntos, ir ao cinema uma vez por semana, organizar uma noite dos jogos em casa, ler e debater um livro juntos, fazer algum esporte ou aprender algo novo, como um idioma ou origami.

Além disso, preze pela harmonia. Fuja de intrigas e conflitos que apenas servem para desgastar emocionalmente. Releve situações e compreenda que se alguém está de cabeça quente, você também não precisa perder o controle e deixar a raiva sobressair. Pratique o autoconhecimento para ser uma pessoa otimista e feliz!

Ouça os seus familiares

Reserve um momento para que você possa, realmente, ouvir os seus familiares. Concentre a sua atenção inteiramente na pessoa que está falando, entenda como foi o dia dela e por quais problemas e situações adversas ela está passando. Nessas ocasiões, o apoio é fundamental.

Pense em alternativas, dentro de suas possibilidades, para ajudá-la. Isso fará bem para todos. Sem contar que em situações futuras, caso seja você quem precise de auxílio, rapidamente o encontrará naqueles em que apoiou.

Muitas vezes, só o ombro amigo e uma pessoa de confiança para desabafar já é o suficiente para que alguém consiga se sentir bem. E nada melhor que ter um dos membros da família — que amamos muito — para conversar, não é mesmo?

Conte com o apoio da tecnologia

Ao contrário do que muitos pensavam, a tecnologia tornou-se um recurso capaz de aproximar as pessoas e não para afastá-las. Assim, quando um membro da família muda de cidade, ele pode continuar se fazendo presente por meio de aplicativos de mensagens instantâneas.

E isso não é exclusividade dos jovens. Segundo a Pew Research Center, nos Estados Unidos, 62% das pessoas acima de 65 anos usaram o Facebook em 2016 e esse número continua crescendo. A família toda, ou grande parte dela, está conectada e ficará feliz em poder continuar se relacionando com você, mesmo que virtualmente.

Portanto, é possível fazer uso das redes sociais — em seu próprio celular — e manter um vínculo próximo com os seus parentes. Mesmo quando não puder comparecer a aniversários, Natal, Dia dos Pais e das Mães, não deixe de mandar uma mensagem e ligar. As próprias mídias oferecem lembretes dessas ocasiões.

A distância e a correria do dia a dia não podem constituir uma barreira que afaste e comprometa a interação de vocês. Família é base, referência e sustentação. Por isso, não adie a mensagem, a conversa, o perdão e o amor que é possível estabelecer agora, de forma tão fácil.

Manter relações saudáveis com familiares não é uma tarefa difícil. Basta força de vontade para colocar em prática as dicas que separamos. Esperamos que você possa, agora mesmo, usufruir de momentos de qualidade com as pessoas mais importantes do mundo: a sua família.

Para que os seus amigos também consigam vivenciar essa experiência, compartilhe este post nas redes sociais!