Resiliência: por que você precisa desenvolver agora mesmo

resiliencia-por-que-voce-precisa-desenvolver-agora-mesmo

Você sabe o que é resiliência? Esta é uma habilidade muito procurada e valorizada no âmbito profissional, mas também é extremamente importante na vida pessoal. Confira o artigo e descubra mais.

Os problemas no ambiente de trabalho e a constante pressão pelo cumprimento de metas e prazos pode abalar e comprometer a qualidade do serviço de qualquer profissional. Saber lidar com essas adversidades, resistir à pressão e superar os obstáculos com serenidade e maturidade emocional indica que o profissional possui uma habilidade muito procurada e valorizada por gestores de empresas: a resiliência.

A etimologia do termo provém do latim “resiliens”, que significa saltar ou pular de volta. É um conceito originário da física, que se refere à capacidade de um corpo de retornar ao seu estado normal após ser submetido a grande pressão ou estresse.

Com o tempo, o conceito de resiliência também passou a ser utilizado na psicologia, que é, além do que já foi dito, a habilidade do indivíduo em se moldar diante de novas situações, de evoluir e se redescobrir frente aos percalços da vida.

É por esses e outros motivos que um profissional resiliente é tão requisitado pelos líderes de grandes organizações. Ficou curioso e quer saber mais sobre como desenvolver a resiliência no trabalho? Então confira algumas dicas!

Trate os problemas como oportunidades de aprendizado

Conseguir encarar as adversidades do ambiente de trabalho como uma chance para aprimorar sua atuação profissional é um grande indicador de resiliência.

Em vez de reclamar e deixar-se dominar pelo estresse, use a criatividade e seus conhecimentos técnicos para resolver a questão. Com isso, seus colegas de trabalho ou superiores o enxergarão como alguém em que se pode confiar nos momentos de dificuldade, o que pode ser um trampolim para a sua carreira.

Defina metas e objetivos reais

Traçar metas inalcançáveis como uma forma de desafiar a si mesmo é um grande tiro no pé. É certo que os desafios geralmente nos levam a sair de nossa zona de conforto, mas estabelecer objetivos quiméricos pode ser fonte de grande estresse e ansiedade, podendo até mesmo fazer com que o profissional tenha um bloqueio e não consiga realizar nem as mais básicas tarefas.

Por isso, dê um passo de cada vez e seja paciente. Para aumentar sua produtividade, se empenhe em realizar pequenas coisas que o faça sair da comodidade e trace sempre objetivos diários.

Dessa forma, você evoluirá no seu trabalho, será mais proativo e suas metas serão expandidas gradativamente, como consequência do seu bom desempenho.

Saiba se expressar de forma eficaz

Engana-se quem pensa que ser resiliente é aceitar e abaixar a cabeça para tudo. Infelizmente, é comum ocorrer injustiças e julgamentos errôneos no ambiente corporativo.

Deixe claro seus pontos de vista e explique detalhadamente os motivos que o. Nunca, em hipótese alguma, levante a voz ou utilize palavras de baixo calão, pois assim perderá toda a credibilidade e todo o seu esforço terá sido em vão.

Não encare o erro como um inimigo

Uma pesquisa realizada pela empresa de auditoria Delloite apontou que cometer erros é um dos principais motivos de estresse e degaste no trabalho, estando à frente de excesso de carga horária ou de responsabilidades e tarefas em demasia.

É absolutamente normal se chatear por conta de um erro cometido no trabalho, mas a dificuldade em aceitar as falhas pode acarretar a diminuição da criatividade e a vontade de inovar. Além disso, o trabalhador acaba ficando com verdadeiro pavor de se expor, o que prejudica — e muito — seu sucesso profissional.

Por isso, aceite o erro como um companheiro inerente ao ser humano — necessário para a evolução —, e não tenha medo de explorar o seu potencial!

Não enxergue os colegas como adversários

No ambiente de trabalho, muitas vezes impera o clima de competição e disputa, o que gera desarmonia entre os funcionários. O indivíduo resiliente pode — e deve — ter vontade de crescer profissionalmente, mas não deve, de forma alguma, encarar os colegas de trabalhos como um impedimento para que isso aconteça.

Todos temos algo para ensinar e muito para aprender. Por isso, é preciso enxergar os colegas como aliados para o crescimento profissional e se colocar no lugar deles em situações de conflito e desavença. Essas são ótimas maneiras de desenvolver a resiliência e, de quebra, ainda exercitar a empatia.

Confie no seu taco

Acreditar na própria capacidade e ter plena segurança de si mesmo são fatores característicos de resiliência. O profissional autoconfiante é aquele que dá sempre o primeiro passo em direção à resolução de um problema, além de saber exatamente o que quer e o que deseja alcançar.

No entanto, a autoconfiança não é algo que se conquista do dia para a noite — salvo alguns indivíduos sortudos que já nasceram com ela. Confiar em si é um hábito que demanda esforço, tempo e precisa ser constantemente estimulado.

Ao contrário do que muitos pensam, elogios e enaltecimentos de outros não fazem com que o indivíduo tenha mais segurança nele mesmo. As congratulações podem até aumentar momentaneamente a autoestima, mas a verdadeira e inabalável autoconfiança vem de dentro e dá-se após um longo processo de aprimoramento da inteligência emocional e da autoconsciência.

Especialistas, psicólogos e coaches de desenvolvimento pessoal podem ajudar nessa empreitada pela autoconfiança.

Faça cursos e treinamentos

Por falar em especialistas, você sabia que existem cursos voltados para o desenvolvimento da resiliência e do bem-estar emocional do profissional? Pois é!

Neles, é possível aprender a lidar com frustrações e com os múltiplos perfis e personalidades dos colegas de trabalho, além de desenvolver/ aprimorar competências fundamentais para o sucesso profissional. Conheça alguns dos tópicos mais abordados:

  • administração das emoções;
  • exploração da criatividade;
  • desenvolvimento da autocritica;
  • gerenciamento de pensamentos;
  • fortalecimento do carisma;
  • administração do tempo;
  • entre outros.

Os cursos, em geral, são destinados para profissionais de todas as áreas e cargos e emitem um certificado de conclusão.

Agora que você já sabe o que é resiliência e conhece os métodos para alcançá-la, entre em contato conosco por meio do nosso site ou pelas nossas redes sociais (FacebookInstagram e Youtube) e conheça nossos cursos para o desenvolvimento profissional e pessoal!