Roda da vida: como essa ferramenta pode ajudar no auto conhecimento?

roda-da-vida-como-essa-ferramenta-pode-ajudar-no-auto-conhecimento

Saiba como funciona a roda da vida, um dos instrumentos mais usuais de avaliação pessoal e é utilizada nos coachings de vida e de carreira. Aproveite e monte a sua também.

Os hindus são conhecidos por deixarem, nas entradas dos mosteiros, objetos circulares com diferentes desenhos dentro. Essa roda, chamada de Samsara, que significa vida e tem como sinônimo a palavra ciclo, é o que chamamos de roda da vida.

A roda da vida é, também, um dos instrumentos mais usuais de avaliação pessoal e é utilizada nos coachings de vida e de carreira. Com ela, é possível identificar os problemas pessoais e profissionais que tanto afligem as pessoas e direcionar os meios de solucioná-los.

Quer saber como? Acompanhe o texto!

O que é a roda da vida?

A roda da vida foi criada e aperfeiçoada para que as pessoas consigam atingir o autoconhecimento. Isso é possível a partir da análise de um gráfico de pizza, no qual são demonstrados diferentes aspectos da vida pessoal e profissional de alguém.

O autoconhecimento é essencial para que se possa atingir as metas e propósitos da vida. Quando você tem conhecimento de si, a adaptação a mudanças, que são inevitáveis em alguns momentos, acontece com naturalidade.

Assim, quando você utiliza a roda para avaliar o seu estado atual, em diferentes aspectos de sua vida, você está abrindo caminhos para novas possibilidades e aumentando a sua consciência daquilo que realmente é capaz de ser e de fazer.

Com essa ferramenta é possível melhorar os processos de autoavaliação e incentivar o avanço moral e intelectual de quem a faz, ou seja, ela possibilita a identificação daquilo que atrapalha o desenvolvimento do indivíduo e viabiliza que as mudanças sejam encaradas de forma positiva.

Como criar uma roda da vida?

Para começar, você precisa se perguntar o quão satisfeito está com sua vida. Um coaching é o profissional capacitado a instigar a pessoa a perceber quais são esses aspectos e os níveis em cada um deles se encontram.

Depois, juntos, coaching e coachee poderão refletir sobre os resultados, levantando os pontos mais críticos e maneiras de aumentar os níveis deles com ações motivadoras e positivas.

Na roda da vida, você precisa avaliar: família, trabalho, estudo etc., desta maneira:

  1. faça um círculo: segmente-o em quatro partes iguais — vida pessoal (saúde, estudos, emocional), qualidade de vida (lazer, espiritualidade, felicidade), vida profissional (dinheiro, contribuição social, realização) e relacionamentos (vida amorosa, família, vida social);
  2. preencha o círculo: existem modelos com 8, 10 ou 12 pontos para serem avaliados. Dentre eles, escolha aqueles que são pertinentes a sua realidade;
  3. pontue de 0 a 10: você deverá atribuir um valor de 0 a 10 para cada aspecto, pensando em quanto você está satisfeito com eles — 0 é o mínimo e 10 é o máximo de satisfação;
  4. colora o gráfico: marque com canetas ou lápis, colorindo o nível dentro de cada pedaço de “pizza”.

Nesse ponto, é preciso ser verdadeiro consigo e refletir sobre como você está se sentindo em relação a cada um desses fatores em particular.

Como analisar uma roda da vida?

Em cada aspecto será possível enxergar o que precisa de mais atenção no momento e escolher qual(is) será(ão) a(s) sua(s) meta(s) de mudança e ajustes. É indicado fazer planos para 1 ou, no máximo, 2 aspectos por vez.

Por exemplo: se o diagnóstico não está muito bom no quesito saúde, pois a pessoa não tem uma rotina médica e não está tendo boas noites de sono, esse deve ser o objetivo de melhoria dentro da roda. Para isso, deve-se procurar um médico e descobrir a causa da insônia.

Provavelmente, com essa melhoria, outros setores também serão afetados. O profissional pode ser um deles, já que ao dormir melhor, o dia a dia fica mais produtivo. É claro que cada caso tem particularidades.

O intuito dessa ferramenta é apoiar coaching e coachee. Portanto, a partir dela é possível encontrar onde se concentram as dificuldades e, consequentemente, ajustá-las de acordo com as possibilidades e necessidades pessoais e profissionais.

Quando você está inseguro quanto aos seus desejos e objetivos de vida, a roda da vida é uma ferramenta de grande ajuda. A partir dela você será capaz de buscar soluções que realmente tragam bons resultados para sua vida.


Você fez a sua roda da vida e quer uma ajuda para analisar seus dados? Saiba quando é a hora de contratar um coaching!